quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Apenas Brincando...

Hoje num curso para as professoras da Sala de Apoio Pedagógico uma antiga professora da faculdade (Sônia Regina Pereira) nos remeteu a uma forte reflexão sobre a infância. Nos deixou a tarefa de continuar refletindo sobre nossa prática.
Bom convido vocês a refletir também...



Apenas Brincando

Quando eu estiver, no quarto, construindo um edifício de blocos,
Por favor não diga que eu “estou apenas brincando”.
Já que, entenda, eu estou aprendendo enquanto brinco.
Sobre equilíbrio e forma.
Quando eu estiver bem vestido, arrumando a mesa, cuidando do bebé,
Não tenha a ideia de que eu “estou apenas brincando”.
Já que, entenda, eu estou aprendendo enquanto brinco.
Algum dia eu posso ser uma mãe ou um pai.
Quando você me vir até meus cotovelos na pintura,
Ou ajeitando uma moldura, ou moldando e dando forma à argila,
Por favor não me deixe ouvi-lo dizer que eu “estou apenas brincando”.
Já que, entenda, eu estou aprendendo enquanto brinco.
Eu estou me expressando e sendo criativo.
Algum dia eu posso ser um artista ou um inventor.
Quando você me vir sentado em uma cadeira “lendo” para uma audiência imaginária,
Por favor não ria e não pense que eu “estou apenas brincando”.
Já que, entenda, eu estou aprendendo enquanto brinco.
Algum dia eu posso ser um professor.
Quando você me vir recolhendo insectos ou colocando coisas que encontro no bolso,
Não os jogue fora como se eu “estivesse apenas brincando”.
Já que, entenda, eu estou aprendendo enquanto brinco.
Algum dia eu posso ser um cientista.
Quando você me vir montando um quebra-cabeças,
Por favor, não pense que estou desperdiçando tempo “brincando”.
Já que, entenda, eu estou aprendendo enquanto brinco.
Estou aprendendo a concentrar-me e resolver problemas.
Algum dia eu posso ser um empresário.
Quando você me vir cozinhar ou provar comidas,
Por favor não pense que estou aproveitando, que é “só para brincar”.
Já que, entenda, eu estou aprendendo enquanto brinco.
Eu estou aprendendo sobre os sentidos e as diferenças.
Algum dia eu posso ser um “chef”.
Quando você me vir aprendendo a saltar, pular, correr e mover meu corpo,
Por favor não diga que eu “estou apenas brincando”.
Já que, entenda, eu estou aprendendo enquanto brinco.
Eu estou aprendendo como meu corpo trabalha.
Algum dia eu posso ser um médico, uma enfermeira ou um atleta.
Quando você me perguntar o que fiz na escola hoje,
E eu responder: “Eu brinquei”.
Por favor não me entenda mal.
Já que, entenda, eu estou aprendendo enquanto brinco.
Eu estou aprendendo apreciar e ser bem sucedido no trabalho.
Eu estou preparando-me para o amanhã.
Hoje, eu sou uma criança e meu trabalho é brincar.
Anita Wadley



video

domingo, 21 de agosto de 2011

Dia do Supervisor Escolar

recados orkut

Seus amigos adorariam receber recados de Dia do Supervisor Educacional!


Quero deixar aqui um Parabéns especial para as supervisoras que fazem parte nesse momento da minha vida profissional: "Claúdia e Dalva".
Que vocês tenham sempre muito sucesso em sua jornada.
Vocês são SHOW!!!

Nomes

Sequência Didática: Nomes próprios.

Objetivos:

- Identificar e reconhecer seu nome e dos amigos do seu grupo;

- Função da escrita dos nomes: para marcar trabalhos, identificar materiais, registrar a presença na sala de aula...

- Realizar a escrita do próprio nome e do nome de alguns colegas;

- A partir da referência estável (nome) refletir como a escrita funciona.

Conteúdo: Leitura e escrita de nomes próprios.

Tempo Estimado: 15 dias.

Material Necessário: Bola, folha, lápis, borracha, lápis de cor, craft, papel cartão, fotos do grupo, Mesa Educacional Alfabeto, alfabeto móvel.

Desenvolvimento:

1ª Etapa – É nosso primeiro dia na Sala de Apoio. A professora irá conversar sobre essa sala (combinados, importância de não faltar, jogos, brincadeiras, mesa educacional...). Vamos nos apresentar utilizando a Dinâmica da Bola. A professora inicia apresentando-se e jogando a bola para um colega do grupo se apresentar também e jogar a bola para outro...

2ª Etapa – Cada amigo do grupo ganhará uma folha sulfite para desenhar o que mais gostou na Sala de Apoio. No término das produções a professora questionará os alunos como fazer para que se saiba a quem pertence cada material. As crianças darão sugestões. A professora irá solicitar que cada um escreva seu nome e chamará a atenção para as letras usadas, a direção da escrita, a quantidade de letras etc.

3ª Etapa – Vamos confeccionar uma lista coletiva com os nomes do nosso grupo.

4ª Etapa – No caderno ilustrar objetos, animais, comidas... que comecem com a mesma letra do seu nome.

5ª Etapa – Bingo de nomes do grupo.

6ª Etapa - Caça-palavras com nomes do grupo sem o apoio da lista de nomes.

7ª Etapa – Jogo da Memória Fotos/Nomes.

8ª Etapa – Acróstico do nome.

9ª Etapa – Recorte e colagem. A professora disponibilizará revistas para que cada amigo procure, recorte e cole no caderno palavras que comecem com a mesma letra do seu nome.

10ª Etapa – Separando nomes. Observando nossa lista de nomes na sala, separar no caderno os nomes de menino e meninas.

11ª Etapa – Gráfico da quantidade de letras.

12ª Etapa – Roda Cutia. Vamos brincar de Roda Cutia num círculo no pátio. Enquanto cantamos uma amigo pegará uma ficha na pilha dos nomes. Terá que ler o nome do amigo, colocar a ficha atrás do mesmo que sairá correndo tentando pegá-lo. Se for pego fica no centro da roda e se não for senta no lugar do amigo que agora escolherá uma ficha dos nomes também. Enquanto o amigo contorna de pé a roda todos cantam:

Roda Cutia

de noite e de dia

O galo cantou

e a casa caia

sábado, 20 de agosto de 2011

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Desafios


Trabalho desde 2003 na Sala de Apoio Pedagógico da Rede Municipal de Joinville.
Durante esse período passei por algumas escolas e tivemos diferentes supervisoras na Secretaria de Educação. Esse ano fui convidada para trabalhar quarenta horas com essa modalidade e com o desafio de utilizar as sequências didáticas. A experiência está sendo maravilhosa e vou compartilhar algumas de nossas vivências nesse blog!